terça-feira, 15 de março de 2011

É um privilégio ver daqui

Por Marlon Vila Nova

A medida que o tempo passa vou percebendo que minha maneira de analisar a vida e as pessoas vai mudando. Até aí tudo bem, eu até acredito que isso aconteça com todo mundo, embora eu perceba também que em menores proporções para algumas. Mas no meu caso eu sinto que é diferente.
As pessoas crescem, e começam a acreditar que todas aquelas historinhas infantis são mesmo mentira. Algumas chegam a considerar esse processo como a linha divisória do amadurecimento. 'Você só é realmente adulto quando descobre que o Papai Noel não existe'. Bobagem.
Eu cresci muito, amadureci mais ainda, e ainda tenho muito o que descobrir. Mas se tem algo que eu sei que evoluí mais do que os outros foi na minha capacidade de enxergar o que, para muitos, não existe.
Um exemplo disso é dizer que não existem fadas. Ora, como conseguiriam me convencer disso se eu já até toquei em uma. Tão delicada como devem sê-las, tão amável quanto possível, tão altruísta quanto não se parece crível no mundo egoísta de hoje. Elas pairam silenciosas pela vida de vocês sem quase fazer barulho. E voam... como voam. Parecem, inclusive, nunca estar em um lugar só. Donas de uma beleza hipnotizante e incompreensível, ganham seu coração sem fazer nenhum esforço, simplesmente por serem magicamente encantadas. E encantadoras.
Da mesma forma mágica que as fadas nos cercam invisíveis aos olhos céticos, existem os anjos. Seres que por algum motivo receberam a autorização de encarnar de novo na Terra por um propósito que nem eles mesmo conhecem ao certo. Esses chegam a ser engraçados por se depararem constantemente com seus desentendimentos com os humanos normais. Coitados! De tão puros acabam por se sentirem inferiorizados pela 'razão' humana. É ainda mais difícil de se perceber a presença de um anjo porque ele próprio raramente se reconhece um. Ficam recolhidos em algum canto, se sentem como se nunca fossem se adaptar. Também pudera tanto desconforto, carregar asas enormes como as deles incomodam as pessoas que acham que nasceram para ocupar sozinhas todo o espaço do mundo. Pra mim é tão óbvia a presença deles.
E não me venham com essa de que não existem príncipes encantados. Desacreditar na existência deles seria o mesmo que desacreditar em princesas, e elas tanto existem que só eu conheço pelo menos três. É verdade que eu conheço bem mais princesas do que príncipes encantados, mas eu tenho certeza que conheço um, e isso prova que eles existem sim. E eles são, obviamente, encantadores. São o tipo de homem que consegue prever, antes de você, uma necessidade que você terá. Você nunca se sente deslocado, desconfortável ou inferior perto de um. Eles estão, sem dúvida, entre as pessoas mais agradáveis de se estar perto no mundo. Um príncipe encantado, em nenhum momento, te deixa sentir menor do que uma princesa, mesmo que você nem seja uma. E sabe o que é melhor? Ele sabe lutar. Tão bem quanto é necessário que um verdadeiro príncipe saiba. Faz por merecer sustentar sua coroa de príncipe provando sempre que ali é seu lugar. Ele nunca é diminuído. É importante, imponente, educado, gentil, meigo, elegante, suave... e ao mesmo tempo forte, determinado, inteligente... apaixonante!
Eu lamento de verdade que nem todas as pessoas consigam enxergar como eu, mas, pensando bem, é até melhor assim. O mundo também está cheio de bruxas que, com esse conhecimento em mãos, se dedicariam a acabar com todos esse seres virtuosos. Podem até me chamar de louco. Tudo bem. É assim que as pessoas com capacidades especiais têm sido vistas desde o início dos tempos. Mas eu sei muito bem quem eu sou, e talvez por isso eu tenha essa visão tão privilegiada.

3 comentários:

liendaa disse...

=) Apesar de eu nao achar que me encaixo em metade das coisas que você escreveu sobre elas, fico MUITO feliz de vc me considerar a SUA fada! E serei, enquanto vc me aceitar!

TE AMO ALEM DE TODOS OS LIMITES!

Gigi Andrade disse...

AMEI* que você está de volta.. com tempo pra escrever! estava sentindo SUPER* a falta dos seus pecados!
e nem preciso falar o QUANTO* eu amei esse post, né?! falando sobre o nosso belo mundo de anjos, fadas, princípes e princesas.. adoro o nosso mundo! tão* real!

um beijo, te amo!

maryvilanova@hotmail.com disse...

Vc é um príncipe, filho! Encantado, encantador...
Amo-o!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...