sábado, 3 de abril de 2010

Círculo tedioso

Por Preguiça

É quando não se espera que ele aparece. Completamente improvável, faz tudo parecer perfeito. E já que é perfeito, ele aparece no visor do seu celular no dia seguinte, claro. E diz que adorou te conhecer. E quer te ver de novo.
E quando o "de novo" acontece é ainda melhor. Você descobre que ele é diferente do que você esperava. Melhor. E as ligações ainda se repetem todos os dias, durante uma semana... duas. E exatamente quando você começa a acreditar que finalmente as coisas podem mesmo dar certo, quando vc já lê o horóscopo dele logo depois do seu e quando seus planos de happy hour dependem da folga semanal dele, ele precisa falar com você.
E é nessa conversa que você vira uma pessoa incrível que ele não quer nunca machucar e prefere sempre ser sincero contigo. Resumindo, ele não está pronto pra uma relação. Mas claro que não é culpa sua, é sempre algo errado com ele. Algo que ele não sabe explicar e blá, blá, blá.
E aí tudo bem. Você percebe que, na verdade, só estava camuflando todas as provas de que não daria certo porque, no fundo, você queria que desse certo. Não com ele especialmente, mas com qualquer um. E já que ele estava tão disponível, podia ser ele. Mas já que não foi, tudo bem também. Você nem queria mesmo tanto assim.
E aí você esquece mais rápido do que o esperado e se dedica a sair com seus amigos. Volta a frequentar teatros e baladas nos horários que te der vontade. Começa a passear só pelo prazer agradável da companhia de quem você sabe que não vai te deixar. Começa a frequentar bares porque é bom pra se reunir com seus amigos. E aí é lá, no bar, que você vê alguém, do outro lado. Os olhos se cruzam e um sorriso no canto da boca aparece. Ele vem até você e apesar de completamente improvável, faz tudo parecer perfeito. E já que é perfeito, ele aparece no visor do seu celular no dia seguinte, claro. E diz que adorou te conhecer. E quer te ver de novo.

2 comentários:

uma mandriona disse...

Adorei! Muito bom o texto ... mesmo a realidade não sendo tão poetica assim!

É desses ciclos que eu to de saco cheio sabia? To afim de fugir desse labirinto da Alice ... quem sabe vc nao venha comigo!

Saudades ... te amo!

Kiko disse...

É tão gostoso e tão desesperador quando a outra pessoa começa a fazer parte dos nossos planos, quando os horários e folgas e tempos e vontades tentam se conciliar...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...